sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

SONETO UM POUCO MANCO



o que fica entre avesso e direito
entre antes e agora
na esquina dos dias
depois do instante?

o que pende no tempo
como se fosse no espaço
como onda ou partícula
inteiro pedaço?

o que sempre ao toque escapa
pois é sombra de si
é miragem?

o que diz de mim mais que silêncio?
sussurros ao vento:
coragem...



imagem:Vincent Van Gogh: Amandier en fleurs

Um comentário:

V. disse...

discípulo rouba de sua mestra:
http://vcamargojunior.blogspot.com.br/2013/01/soneto-um-pouco-manco-marcia-szajnbok.html