sábado, 13 de março de 2010

flower power


gosto mesmo é das flores de outono!
na floração de primavera, qual a graça?
comum, esperada, desprovida de surpresas...
no outono, não...
as flores de março vêm como um protesto
um desafio ao clima, à ordem, à arrogância humana
sempre tão iludida em saber da natureza...
ah, ledo engano
a natureza, dentro e fora de nós, sempre surpreende
sempre inova
cria
subverte
inventa

as flores dos dias cinzentos são o melhor de nós
o melhor da nossa natureza:
a possibilidade infinita de produzir o inesperado
de desobedecer os genes e os imperativos
de simplesmente abrir-se em cores no mundo em branco-e-preto
de rir alto diante das caras apatetadas e invejosas...

de ousar, tão somente, florir


`imagem: flores, marcia szajnbok
`

5 comentários:

Patrícia disse...

Que lindo! E concordo com voce! Mesmo no Brasil o outono é minha estação preferida! Beijos

Simone disse...

Adorei! Outono é a minha estaçao favorita! Pena q descobri estes dias q meu aniversário é no verão ainda... rs. Beijos!

celso disse...

as flores de outono são lindas, principalmente quando irrigadas pelas aguas de março,rsrsrs

Alfredo disse...

Márcia querida:

És como as flores de Outono.

Basta apareceres que consegues toda a atenção que mais que mereces...
(Olha a explicação pro sumiço: Troquei de putador e neste eu não havia colocado o "Poeticamente" nos favoritos do navegador...(dedos cruzados esperando que ela acredite))

RARARARARA

Alfredo

Maria de Fátima disse...

delícia florida no seu poema, menina!