segunda-feira, 13 de outubro de 2008

mortevida


marcia szajnbok


vivo
vejo
vivos mortos
mortos vivos
quase mortos ainda vivos
pouco vivos quase mortos

no silêncio
morro

diante do absoluto
abre-se o leque das infinitas possibilidades
diante do emudecido
fecha-se a porta das mentiras e verdades



imagem: Alex Cerveny, sem título

fonte da imagem:http://diversao.uol.com.br/album/alex_cerveny_album.jhtm

Um comentário:

Benjamim disse...

Muito legal! continue assim com o blog! vou continuar passando por aqui!

O maluco sadio
www.omalucosadio.blogspot.com